Implantodontia 1


O que é implante Dental ?

O implante dental é uma estrutura composta de titânio com formato similar a um parafuso, a sua função é substituir a raiz de um dente perdido. Uma vez introduzido no osso, servirá como suporte para que a prótese seja instalada por cima, ele fará o papel de uma raiz artificial, devolvendo ao paciente a função mastigatória e é claro, a estética do dente.

Uma das diferenças entre o implante e as próteses parciais removíveis (PPR´s) ou dentaduras é que o implante, por ser fixado de forma definitiva, não causa o desconforto por problemas de instabilidade (como é sentido nas dentaduras, por exemplo). Outra vantagem é que não há necessidade de comprometer os dentes naturais adjacentes, situação que é comumente vista em pacientes que utilizam próteses.

Implantodontia

 

Para quem é indicado o implante?

Pessoas que:

 Tenham um ou mais dentes faltando.

 Tenham seu crescimento maxilar completo.

 Não estejam satisfeitas com suas próteses removíveis.

 Estejam inseguras com suas próteses removíveis.

 Tenham falta de estabilidade e retenção em suas próteses removíveis.

 Tenham dificuldade de mastigação.

 Precisem de auxílio nos movimentos dos tratamentos com aparelhos ortodônticos.

 

Qual é a finalidade do implante?

O objetivo primordial do implante é restaurar a funcionalidade dos dentes e a beleza do sorriso, melhorando significativamente a qualidade mastigatória e a autoestima do paciente. O implante traz conforto e segurança que não são encontrados em próteses removíveis. Podem ser utilizados para preenchimento de espaços de dentes ausentes, substituição de dentes condenados e é claro, como já mencionado, para a substituição de próteses removíveis quando estas não estiverem satisfatórias. Vale ressaltar que ao perder um dente, o osso que o sustentava perde a sua função e entra em um processo de reabsorção pelo organismo. Isso traz consequências negativas tanto na estética como funcionalidade. Debilitando de forma progressiva a mastigação e a arcada dentária.

 

Fases do implante

A primeira fase do implante é a avaliação do caso, isso é feito através de exames clínicos, diagnóstico realizado pelo cirurgião-dentista e o planejamento. Em segundo momento, é realizada a cirurgia para instalação do implante. O pós-operatório combina orientações do cirurgião-dentista com a execução a risca por parte do paciente. Isso garante que a recuperação seja tranquila e sem dor. Dependendo do tipo de osso e do local do implante, a moldagem, confecção e instalação da prótese dentária pode ser feita imediatamente após a instalação do implante ou de três a seis meses após a fase cirúrgica. A última fase consiste em orientações sobre a manutenção e higienização bucal que são essenciais para o sucesso do implante.

Gostou do material? Baixe a nossa cartilha.

Ainda com dúvidas? Entre em contato conosco.


Um pensamento em “Implantodontia

Os comentários estão desativados.