Cuidados com a sua plaquinha de bruxismo


Parabéns, você acabou de dar um grande passo em direção a recuperação da sua qualidade de vida. As plaquinhas miorrelaxantes ou plaquinhas de bruxismo como também são comumente conhecidas, fazem parte de um tratamento eficiente contra disfunções e para-funcionalidades como o bruxismo e apertamento.

Ao mesmo tempo, previnem uma série de outros problemas que são derivados de uma exposição por períodos prolongados a esses “problemas”, como por exemplo, desgaste dental, evolução do quadro para problemas na ATM (Articulação Temporomandibular) que a longo prazo, podem tornar-se um quadro cirúrgico e muito mais complicado de resolver.

Resultado de imagem para desgaste dental bruxismo

Desgaste oclusal causado por bruxismo.

Mas você reparou que no começo deste texto mencionamos que as plaquinhas fazem parte do tratamento? Falamos isso pois as plaquinhas por si só, agem nos sintomas do bruxismo ou apertamento, mas não diretamente sobre a causa. Estas (as causas), podem ser diversas e são tratadas por nós em inúmeros outros artigos e notas disponíveis não só aqui no site mas nas nossas redes sociais, veja:

Então mesmo que você tenha iniciado o tratamento com a plaquinha, ainda precisa combater a causa, normalmente problemas relacionados ao seu lado emocional, stress elevado, traumas recentes, depressão, problemas que surgiram na sua vida e que o/a deixaram preocupado/a.

O tratamento varia muito, pode ser muito simples como praticar atividades físicas, ouvir música relaxantes durante o dia, procurar bons livros para ler, fazer coisas que ajudem você a ficar mais tranquilo, sair um pouco do stress do dia a dia. Mas não podemos deixar de cogitar tratamentos que exijam acompanhamento profissional, como por exemplo, ajuda psicológica/psiquiátrica que não só ajudarão você a entender a causa do problema mas com a ajuda de fármacos, podem contribuir para um relaxamento não só físico mas emocional que agirão diretamente na causa do problema.

O bruxismo ou apertamento tem etiologias diversas e nem sempre é simples de diagnosticar, mas é senso comum entre os profissionais da área que problemas emocionais lideram entre as causas. E se você pensa que está sozinho/a muito se engana, uma boa parcela da população mundial sofre de bruxismo ou apertamento.

Mas e sobre os cuidados com a plaquinha?

Bom, agora que você está com a plaquinha em mãos, é importante que ao tirá-la da boca, você lave com água corrente, tente secá-la sacudindo-a com o devido cuidado e armazene-a sempre na caixinha que foi fornecida junto com a plaquinha. Não deixe a sua plaquinha envolta em papel pois devido ao seu tamanho e forma, pode terminar sendo descartada no lixo por engano, acredite, isso é muito mais comum do que parece!

Repare sempre se sua plaquinha está ficando com marcas ou “buraquinhos” na parte onde ela encosta com a arcada antagonista (oposta a arcada onde a plaquinha é instalada), normalmente isso indica que durante o uso da plaquinha você está apertando/rangendo os dentes de forma excessiva e mesmo a plaquinha evitando maiores problemas, é preciso agir sobre os sintomas para que sua musculatura não fique sobrecarregada.

Resultado de imagem para musculatura sobrecarregada

Quando se trata de bruxismo, uma musculatura sobrecarregada não é um bom sinal.

Outro ponto importante é que você precisa manter sempre a rotina de visitas a clínica para que possamos acompanhar a evolução do tratamento. Não basta fazer a plaquinha e assim que os sintomas desaparecerem deixar de ir as consultas de acompanhamento, ausência de sintomas não quer dizer que o problema sumiu.

Caso a sua plaquinha seja nova, é importante no começo da utilização verificar se ela está apertada demais em algum ponto ou até mesmo muito folgada, isso é uma indicação de que a plaquinha precisa ser ajustada. Lembre-se que as plaquinhas são feitas sob medida para sua boca e ajustadas com o estudo da sua oclusão (mordida), elas não podem nem devem ficar “incomodando” durante sua utilização e sob hipótese alguma deve ser utilizada por qualquer pessoa que não seja você.

Lembre-se que diante de qualquer dúvida, estamos sempre a disposição, o importante é que você volte a ter a qualidade de vida que tanto deseja e merece.

Um grande abraço!